Como funciona o Maria Fumaça?

0

Também conhecido como “O Trem do Vinho“, o Maria Fumaça é um trem à vapor que leva os turistas a conhecer a história do vinho na serra gaúcha. Com um roteiro animado e cheio de tradicionalismo, o Maria Fumaça encanta a todos que amam uma boa uva.

O ingresso para o trem pode ser comprado na bilheteria ou então antecipadamente pelos sites de turismo da região. Além disso, também disponibilizamos cupons de desconto para tornar a sua viagem mais econômica. Confira aqui.

É importante ressaltar que o trem não parte da cidade de Gramado, mas sim de Bento Gonçalves. Para quem está hospedado em Gramado e gostaria de participar desse passeio, recomendamos que opte por um transfer até Bento ou então um Uber.

O roteiro do Maria Fumaça

Fonte: Moovit

O tour da Uva e do Vinho parte da cidade de Bento Gonçalves e passa pelas principais cidades onde a produção de vinho é grande. O tour também inclui experiências incríveis da tradição dos imigrantes da região. Com muita música, danças típicas, teatro e degustação de bebidas como vinho, espumante e sucos de uva, o passeio se torna um grande atrativo para os turistas.

O desembarque é realizado na cidade de Carlos Barbosa, mas você pode voltar para a cidade de Bento através de um ônibus. O percurso possui 23km e é realizado em 1h30min.

Fonte: Melhores Destinos

O passeio é iniciado em Bento Gonçalves, a capital nacional do vinho. Nesse trajeto é oferecido a degustação de vinho tinto, Miolo e também de suco de uva branca. Na estação de Bento Gonçalves também é possível aproveitar as lojas que vendem souvenirs, além de lojas de malhas e também de vinho. Além disso, também é feita uma visita na loja de varejo da Tramontina, que é muito mais que uma loja, e sim uma fábrica dos variados produtos que a Tramontina produz. Na loja também é possível fazer gravações personalizadas em facas.

Loja Tramontina T-Factory, em Carlos Barbosa
Fonte: Leouve

No trem, cada vagão possui um guia que com um microfone anuncia as atrações e as degustações que os passageiros irão provar. Além disso, também é contada a história do Trem Maria Fumaça. Na entrada do passeio é entregue para os turistas. Os assentos possuem suporte para os copos. Durante a viagem também são apresentadas danças de imigrantes italianos, shows de música de gaiteiros e encenações de teatro.

A próxima parada do trem é na cidade de Garibaldi, onde o viajante pode descer do trem e conhecer a estação. Como ela é muito bonita, esteja com a câmera na mão, para tirar belas fotos! Nessa estação também é possível visitar o vagão 215, o único que ainda preserva os bancos originais de madeira do trem.

Fonte: Alexandra Ungaratto

Por fim, o trajeto se encerra em Carlos Barbosa. Lá, é possível voltar para Bento Gonçalves de ônibus, ou então, de trem mesmo.

Fonte: Melhores Destinos

Parque Temático Epopéia Italiana

O ingresso para o Parque que conta a história dos imigrantes italianos já está incluso no ingresso do Maria Fumaça. Lá, não é permitido realizar fotos ou vídeos.

No parque, o turista é convidado a conhecer cenários históricos da Itália, na época em que a Europa sofreu um período difícil, no final do século 19. Quem conta a história é um jovem italiano, que na época casou com a sua namorada e veio com ela para o Brasil, a bordo de um navio.

Com a história da Epopéia Italiana é possível entender os problemas e dificuldades que os imigrantes italianos sofreram, até se estabelecerem no Brasil, em sua maioria na serra gaúcha.

E aí, se interessou pelo passeio de Maria Fumaça? Corre para o nosso site para aproveitar um cupom de desconto imperdível!

Você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

´